Doenças Respiratórias

Doença Pulmonar Obstrutiva Crónica


A DPOC é uma doença crónica, que resulta da inflamação dos brônquios (bronquite) e/ou da lesão das vias respiratórias e dos alvéolos dos pulmões (enfisema pulmonar). A bronquite e o enfisema podem surgir isolados ou em conjunto.


Quais as Causas e Sintomas?


A principal causa da DPOC é, sem dúvida, o tabagismo, devido à inflamação e lesão que causa nas vias respiratórias. A poluição atmosférica ou factores poluentes no local de trabalho, como fumos industriais poderão igualmente constituir uma causa e/ou agravar os sintomas causados pelo tabaco. Também poderá existir uma predisposição hereditária (genética) para desenvolver DPOC, embora esta seja uma causa menos frequente. 


Os sintomas da DPOC são:


O tratamento principal para a DPOC consiste em medicação administrada através de dispositivos designados por inaladores, contendo normalmente um pó seco que é inspirado através do bocal do inalador.

 

Alergias


As alergias são uma reacção anormal e específica do sistema imunológico que se encontra relacionada com a exposição a substâncias estranhas ao organismo, os alergénios, como por exemplo os ácaros, pólens, pêlos de animais.  Em indivíduos alérgicos, os alergénios induzem a produção de anticorpos do tipo IgE e histamina, a qual induz uma reacção excessiva dos vasos sanguíneos e tecido muscular liso e, em seguida, o desencadeamento de sintomas alérgicos que variam dependendo da parte do corpo envolvido.


As alergias têm um grande impacto no bem-estar geral das pessoas porque reduz a capacidade de trabalho, a qualidade de vida, a capacidade de aprender e de realizar as actividades diárias normais.


Rinite Alérgica


A rinite alérgica é uma doença inflamatória crónica da mucosa do nariz e que se caracteriza por espirros, tosse, comichão e obstrução nasal.


A rinite alérgica é um tipo de alergia muito comum, cujas queixas são desencadeadas pelo contacto com a substância à qual se é sensível. 


Os agentes mais frequentes são o pólen das plantas, o bolor, os ácaros, o pêlo de animais de estimação, o fumo do tabaco e a poeira.


O início da rinite alérgica ocorre principalmente na infância, mas pode surgir em qualquer idade.


O diagnóstico de rinite alérgica é feito através das queixas apresentadas pelo doente e pela observação médica, complementadas por alguns exames de diagnóstico.


Prevenção da rinite alérgica

A primeira atitude a ser tomada é evitar as substâncias que se julgam ser a causa da rinite alérgica. 


Tratamento

A forma mais eficaz de tratar a rinite alérgica é preveni-la. Porém, há medicamentos que podem ser prescritos pelo médico sempre que o afastamento dos alergénios é pouco prático ou eficaz.

Os medicamentos mais utilizados são os anti-histamínicos e os corticóides.

 

Urticária


A urticária é caracterizada pelo aparecimento súbito de lesões na pele (pápulas e placas) com aparência avermelhada e uma área central mais clara, de tamanho variável e que provoca muita comichão. No caso da urticária, a libertação de histamina na pele pode ser induzida por alergénios, medicação, alimentos e/ou estímulos físicos (pressão, frio, calor).