Farmacovigilance

A Farmacovigilância é definida pela Organização Mundial de Saúde como a ciência e actividades relacionadas com a detecção, avaliação, compreensão e prevenção de efeitos adversos ou quaisquer outras questões de segurança relacionadas com medicamentos. 


A Farmacovigilância ocupa-se da monitorização do perfil de segurança dos medicamentos, mesmo após a sua entrada no mercado. Apesar da extensa fase de desenvolvimento clínico a que os medicamentos estão sujeitos antes da sua comercialização, e que comprova que os mesmos são seguros e eficazes, podem existir algumas reacções adversas raras ou de aparecimento tardio não detectadas durante a fase de desenvolvimento.


Assim, a missão da Farmacovigilância tem por finalidade assegurar que a informação do perfil de segurança dos medicamentos é sistematicamente recolhida e processada de acordo com procedimentos éticos, obedecendo a elevados níveis de qualidade, de modo a prestar aos profissionais de saúde e doentes a informação mais correcta e actualizada sobre o perfil de segurança dos medicamentos, indo, de encontro aos objectivos preconizados pela Organização Mundial de Saúde.

 

 

Monitorização 

A monitorização do perfil de segurança dos medicamentos ocorre ao longo de todo o ciclo de vida do medicamento.
É fundamental, a este nível, a notificação espontânea de reacções adversas por parte dos profissionais de saúde e pela população em geral, uma vez que permite recolher informação extremamente relevante para assegurar uma informação correcta e actual sobre o perfil de segurança dos medicamentos.


O que é uma reacção adversa?

Reacção adversa é qualquer reacção nociva e involuntária a um medicamento, que ocorra com doses geralmente utilizadas no Homem para profilaxia, diagnóstico ou tratamento de doenças ou recuperação, correcção ou modificação de funções fisiológicas.
Na caracterização de uma reacção adversa é importante descrever a sua gravidade, expectabilidade e relação causal com o medicamento suspeito. 

 

O que deve notificar? 

Todas as suspeitas de reacções adversas que tenha conhecimento.

Para que um medicamento se mantenha no mercado, os benefícios esperados devem superar os eventuais riscos associados à sua utilização. É de suma importância recolher o máximo de informação possível sobre o seu perfil de segurança e eficácia ao longo de todo o seu ciclo de vida.


A informação proveniente da notificação de uma reacção adversa é colocada numa base de dados Internacional de Farmacovigilância, contribuindo, desta forma, para manter actualizado o conhecimento do perfil de segurança dos medicamentos. 

 

Como e quando deve notificar?

Se suspeitar da ocorrência de uma reacção adversa a um medicamento da Menarini deverá comunicá-la, assim que possível:

 

A. Menarini Portugal Farmacêutica, S. A.

Departamento Médico - A/C Responsável da Farmacovigilância
Quinta da Fonte, Edifício D. Manuel I, Piso 2 A – Rua dos Malhões, nº 1 
2770-071 Paço de Arcos


Telefone: +351 210 935 500
E-mails: tromero@menarini.pt / tcarvalho@menarini.pt

 


A segurança dos nossos medicamentos é uma prioridade para a Menarini.

Notifique!